Pioneiro da física ganha mostra | AGÊNCIA FAPESP

Instituto de Física da USP sedia em setembro exposição itinerante que homenageia o italiano Giuseppe Occhialini, professor de Mário Schemberg e Cesar Lattes

Pioneiro da física ganha mostra

23 de agosto de 2010

Agência FAPESP – O Instituto de Física (IF) da Universidade de São Paulo (USP) sediará, de 1º a 30 de setembro, a mostra itinerante que homenageia o italiano Giuseppe Occhialini (1907-1993), um dos pioneiros da física no Brasil.

A exposição Giuseppe Occhialini, um cientista dedicado à descoberta do universo invisível, que já passou Roma, Milão e outras cidades italianas, foi organizada pelo Departamento de Comunicação do Instituto Nacional de Astrofísica da Itália e inclui também um minidocumentário.

Occhialini foi um dos responsáveis por liderar na USP, na década de 1930, atividades pioneiras de pesquisa em física no país, formando o primeiro grupo de estudantes na Faculdade de Filosofia e Letras, onde foi um dos fundadores do Departamento de Física, atual Instituto de Física.

No Brasil, ajudou a formar os primeiros grupos de físicos brasileiros, tendo entre seus alunos Mário Schemberg (1914-1990) e Cesar Lattes (1924-2005). Lattes o acompanhou na mudança para Bristol, onde se reuniram ao grupo de Cecil Frank Powell (1903-1969) para descobrir a partícula subatômica méson pi.

Iniciava-se assim uma nova área da física: a física de partículas elementares. A descoberta valeu o Prêmio Nobel a Powell, em 1950. Occhialini também foi professor de Riccardo Giacconi, que ganhou o Nobel em 2002 pela descoberta de fontes cósmicas de raios X.

A exposição ficará até 30 de setembro no IF-USP, localizado na rua do Matão, 187, na Cidade Universitária.

Mais informações: www.if.usp.br/occhialini
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados