1 Periódico internacional publica edição sobre simpósio no Vale do Paraíba | AGÊNCIA FAPESP

Periódico internacional publica edição sobre simpósio no Vale do Paraíba | AGÊNCIA FAPESP

Periódico internacional publica edição sobre simpósio no Vale do Paraíba O periódico internacional Current Genetics publicou uma edição especial com artigos dos trabalhos apresentados em simpósio realizado na Univap

Periódico internacional publica edição sobre simpósio no Vale do Paraíba

08 de janeiro de 2016

Diego Freire | Agência FAPESP – O periódico internacional Current Genetics publicou uma edição especial com 16 artigos dos trabalhos apresentados no International Symposium on Fungal Stress (ISFUS), realizado na Universidade do Vale do Paraíba (Univap), entre 26 e 30 de outubro de 2015, com apoio da FAPESP.

O evento, que contou com cerca de 100 participantes, teve foco na elucidação e na caracterização de mecanismos moleculares mediados nos fungos por agentes ionizantes, hipoxia (baixa concentração de oxigênio), radiação solar ultravioleta, estresse ácido, alcalino, oxidativo, osmótico, nutritivo, por produtos tóxicos e por calor.

“Foi oferecida a pesquisadores, estudantes de pós-graduação e de graduação uma ótima oportunidade para conhecer o estado da arte das pesquisas em estresse em fungos de importância industrial, ambiental e agrícola. Muitos artigos estão sendo altamente citados”, disse Drauzio Eduardo Naretto Rangel, coordenador do último ISFUS e editor da edição especial da Current Genetics. Rangel é responsável ainda pela pesquisa Luz visível durante o crescimento induz aumento de tolerância de conídios a diferentes condições de estresse em fungos, realizada com apoio da FAPESP.

Entre os temas abordados pelos trabalhos estão as respostas fúngicas ao estresse, tratando-se da recepção sensorial, da transdução do sinal, da regulação gênica e da biologia e biofísica de fungos que vivem em ambientes extremos.

Os fungos e nós

As pesquisas apresentadas no simpósio e publicadas na Current Genetics sobre biologia celular e molecular, tratando em especial dos mecanismos que as células usam para lidar com o estresse ambiental e celular, são de interesse global por ajudar na busca por soluções para diversos problemas enfrentados pela humanidade, relacionados, por exemplo, a segurança alimentar, produtos químicos tóxicos ao ambiente e fontes alternativas de energia.

Devido à sua simplicidade, os fungos são amplamente utilizados como modelos para a compreensão da biologia das células eucarióticas. Além disso, são usados para vários fins na indústria da biotecnologia. Antibióticos e outros produtos químicos são produzidos por estirpes industriais de fungos, como Aspergillus e Penicillium, e o fungo Trichoderma é comumente utilizado como fonte de enzimas para a degradação da celulose.

Estudos sobre estresse em fungos também são importantes para a produção de novos pesticidas. O uso de fungos entomopatogênicos – que parasitam insetos – como agentes de controle biológico tem como foco reduzir a aplicação de inseticidas químicos, que podem oferecer risco à saúde humana e ao ambiente, sem prejudicar a produtividade das culturas.

Trabalhos premiados

As pesquisas apresentadas no ISFUS também foram premiadas pela Elsevier. Três trabalhos receberam certificados nas categorias Ouro, Prata e Bronze, respectivamente: Pal genes regulation in Neurospora crassa: connection between pH signaling pathway and glycogen metabolismo, de Stela Virgilio, do Departamento de Bioquímica e Tecnologia Química do Instituto de Química da Universidade Estadual Paulista (Unesp) de Araraquara; Involvement of the Neurospora crassa transcription factor encoded by ORF NCU01629 in the regulation of oxidative stress and apoptosis, de Kely B. Imamura, da mesma instituição; e The APSES transcription factor StuA is involved in secondary metabolism, oxidative stress response, morphogenesis and virulence in the dermatophyte Trichophyton rubrum, de Elza A. S. Lang, do Departamento de Genética da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da Universidade de São Paulo (USP).

Entre os destaques da programação do simpósio estiveram Jay Dunlap, membro da United States National Academy of Science, dos Estados Unidos; Enrique Cerda-Olmedo, da Real Academia de Ingeniería e da Real Academia Sevillana de Ciencias, da Espanha; Johan M. Thevelein, da Belgian National Science Foundation, da Bélgica; e Anita Panek, da Academia Brasileira de Ciências.

A próxima edição do ISFUS está prevista para 2017, na Universidade Federal de Goiás (UFG), em Goiânia.

A edição especial da Current Genetics com os trabalhos do evento pode ser acessada em link.springer.com/article/10.1007%2Fs00294-015-0501-2. Entre as publicações estão os artigos Fungal stress biology: a preface to the Fungal Stress Responses special edition e The International Symposium on Fungal Stress: ISFUS, de Rangel, Drauzio E. N.; Alder-Rangel, Alene; Dadachova, Ekaterina; Finlay, Roger D.; Kupiec, Martin; Dijksterhuis, Jan; Braga, Gilberto U. L.; Corrochano, Luis M.; e Hallsworth, John E.
 

Assuntos mais procurados