PD e IC em Processos Biotecnológicos com Bolsa da FAPESP | AGÊNCIA FAPESP

PD e IC em Processos Biotecnológicos com Bolsa da FAPESP Bolsas estão vinculadas ao Research Centre for Gas Innovation, na USP. Interessados podem se candidatar até 2 de julho (foto: Marcos Santos/USP Imagens)

PD e IC em Processos Biotecnológicos com Bolsa da FAPESP

23 de junho de 2017

Agência FAPESP – O Research Centre for Gas Innovation (RCGI) da Universidade de São Paulo (USP), apoiado pela FAPESP e pela Shell no âmbito do Programa de Apoio à Pesquisa em Parceria para Inovação Tecnológica (PITE), oferece uma oportunidade de pós-doutorado e uma em iniciação científica em processos biotecnológicos com bolsa da Fundação. Interessados podem se candidatar até 2 de julho. 

As duas bolsas estão vinculadas a projeto que visa abordar desafios científicos e tecnológicos para o avanço na mitigação do gás natural. Para tanto, um consórcio microbiano envolvendo algas e bactérias será utilizado. Juntos, estes microrganismos poderiam rapidamente metabolizar altas concentrações de CO2 e CH4, transformando-os em bioprodutos valiosos.

Os candidatos à bolsa de Pós-Doutorado devem ter concluído o doutorado no máximo há um ano e ter pelo menos seis meses de experiência no exterior. Os interessados devem, ainda, ter experiência em microbiologia e em diferentes técnicas como desenvolvimento de bioprocessos, cultivo de microrganismos em coluna, espectrometria de massa, identificação de microrganismos, metagenômica, proteômica e cromatografia.

Para mais informações sobre a posição e acesso à inscrição acesse o site do RCGI: rcgi.poli.usp.br/opportunities ou goo.gl/O6zvBK (Referência da posição: 17PDR006).

A oportunidade está disponível no endereço www.fapesp.br/oportunidades/1583.

O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R$ 6.819,30 mensais e Reserva Técnica. A Reserva Técnica de Bolsa de PD equivale a 15% do valor anual da bolsa e tem o objetivo de atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Caso o bolsista de PD resida em domicílio diferente e precise se mudar para a cidade onde se localiza a instituição-sede da pesquisa, poderá ter direito a um Auxílio-Instalação.

Mais informações sobre a Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP estão disponíveis em fapesp.br/bolsas/pd.

A bolsa de iniciação científica está vinculada a projeto que visa o estabelecimento de um consórcio microbiano envolvendo algas e bactérias capazes de metabolizar altas concentrações de CO2 e CH4 e transformá-los em bioprodutos de interesse biotecnológico.

Os candidatos à bolsa de Iniciação Científica devem ter experiência laboratorial em isolamento, identificação e cultivo de microrganismos. Espera-se que também tenham experiência em microbiologia e cromatografia. A bolsa é adequada para estudante de graduação em Engenharia Ambiental, matriculado no 5º, 6º, 7º ou 8º semestre do curso, e requer uma nota global acima de 7,0.

Mais informações sobre a posição e acesso à inscrição no site do RCGI ou em goo.gl/O6zvBK (Referência da posição: 17SIR005).

A oportunidade está publicada em www.fapesp.br/oportunidades/1584.

Informações sobre bolsas em Iniciação Científica estão disponíveis em www.fapesp.br/bolsas/ic.

Outras vagas de bolsas, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades, em fapesp.br/oportunidades.

Assuntos mais procurados