PD em Biomedicina, Biologia Celular e Genômica com Bolsa da FAPESP | AGÊNCIA FAPESP

PD em Biomedicina, Biologia Celular e Genômica com Bolsa da FAPESP Bolsistas integrarão equipe de Projeto Temático na Unicamp que investiga aspectos fisiopatológicos da anemia falciforme e das anemias hemolíticas (foto: Unicamp)

PD em Biomedicina, Biologia Celular e Genômica com Bolsa da FAPESP

26 de junho de 2017

Agência FAPESP – O Centro de Hematologia e Hemoterapia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) oferece duas oportunidades de Pós-Doutorado em Biomedicina, Biologia Celular e Genômica com Bolsa da FAPESP.

A oportunidade está vinculada ao Projeto Temático "Doenças dos glóbulos vermelhos: fisiopatologia e novas abordagens terapêuticas", que tem Fernando F. Costa como pesquisador responsável.

Os principais interesses de pesquisa do grupo incluem a compreensão dos aspectos fisiopatológicos da anemia falciforme e das anemias hemolíticas.

A primeira vaga está disponível no Laboratório de Inflamação Vascular do Centro de Hematologia, sob a supervisão de Nicola Conran. O bolsista selecionado realizará uma pesquisa que visa avaliar os aspectos inflamatórios da doença falciforme, empregando técnicas in vitro para investigar leucócitos, suas vias de sinalização e respostas a estímulos inflamatórios/anti-inflamatórios.

Os interessados devem ter Ph.D. em Fisiopatologia Médica, Bioquímica, Biologia Celular, Biologia Molecular ou área similar concluído nos últimos cinco anos; ter experiência em imunoensaios (ELISA, Luminex, etc.) e conhecimento de processos inflamatórios.

É desejável, ainda, conhecimento em citometria de fluxo e técnicas de imagem e experiência em cultura celular, em técnicas de Biologia Molecular: expressão gênica e avaliação de proteínas, e em extração de RNA, preparação de bibliotecas, análise da expressão gênica por microarray, RNAseq, qPCR, sequenciamento.

A segunda bolsa está disponível no Laboratório de Hemoglobina e Genoma do Centro de Hematologia da Unicamp, sob a supervisão de Fernando F. Costa.

Os candidatos devem ter Ph.D. em Fisiopatologia Médica, Bioquímica, Biologia Celular, Biologia Molecular ou área similar concluído nos últimos cinco anos, experiência em técnicas de prospecção gênica: microarrays; sequenciamento de nova geração; preparação de bibliotecas; em células iPS; em técnicas de validação de genes candidatos por biologia molecular: extração de DNA/RNA; em qPCR; western blot e em outros métodos para avaliação de proteínas.

É desejável que tenham conhecimento de citometria de fluxo; imunofluorescência e espectrometria de massas, além de experiência em cultura celular.

Os interessados devem entrar em contato com Nicola Conran e com Fernando F. Costa pelo e-mail hemoglobinlab@gmail.com, especificando no título a bolsa para qual está se candidatando (Perfil 1 ou Perfil 2) e anexando uma carta de apresentação descrevendo seu interesse na vaga, curriculum vitae (em PDF), incluindo uma lista de publicações e experiências, e informações de contato (e-mail, telefone) de dois profissionais que possam fornecer cartas de recomendação.

A oportunidade está publicada em www.fapesp.br/oportunidades/1611.

Os selecionados receberão Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R$ 6.819,30 mensais e Reserva Técnica. A Reserva Técnica de Bolsa de PD equivale a 15% do valor anual da bolsa e tem o objetivo de atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Caso os bolsistsa de PD residam em domicílio diferente e precisem se mudar para a cidade onde se localiza a instituição-sede da pesquisa, poderão ter direito a um Auxílio-Instalação.

Mais informações sobre a Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP estão disponíveis em fapesp.br/bolsas/pd.

Outras vagas de bolsas, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades, em fapesp.br/oportunidades.
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados