Museu Exploratório de Ciências da Unicamp tem atividades de férias | AGÊNCIA FAPESP

Programa atenderá crianças de 1° a 16 de julho. Edição será realizada com o Centro de Engenharia e Ciências Computacionais, apoiado pela FAPESP

Museu Exploratório de Ciências da Unicamp tem atividades de férias

26 de junho de 2019

Agência FAPESP – O Museu Exploratório de Ciências da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) promoverá a próxima edição do programa “Férias no Museu” de 1º a 16 de julho de 2019.

Realizado desde 2008, o programa tem como objetivo oferecer diversas atividades desenvolvidas pelo Museu a crianças ou adolescentes, filhos de de estudantes, funcionários e docentes da Unicamp e da Fundação de Desenvolvimento da Unicamp.

A edição do Inverno de 2019 foi projetada em parceria com o Centro de Engenharia e Ciências Computacionais (CCES), um Centro de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPID) apoiado pela FAPESP.

Ao longo de dois dias, cada grupo embarcará na jornada “Desvendando o invisível”, com a missão de salvar um paciente picado por um animal peçonhento. A missão dos cientistas mirins será desenvolver o antídoto do veneno.

A programação da nova edição incluirá: um jogo que exercitará conceitos básicos de aprendizado de máquina e árvores de decisão, para conhecer os sintomas causados pela picada do animal; uma oficina prática com sensores eletrônicos capazes de mensurar grandezas físicas “invisíveis”; uma visita ao acelerador de elétrons, do Laboratório Nacional de Luz Síncrotron; o exercício da metodologia científica em exercícios lúdicos que emulam o processo de determinação de estruturas de proteínas; e o entendimento dos princípios de desenvolvimento de fármacos por meio de dados extraídos das mais diversas fontes.

Todas as atividades desenvolvidas serão posteriormente adicionadas às atividades do Museu e serão oferecidas para as escolas que frequentemente visitam a instituição.

Mais informações: www.mc.unicamp.br/index.php/ferias-no-museu-inverno-2019b.
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados