Marco Antonio Raupp é novo presidente da SBPC | AGÊNCIA FAPESP

Com 544 votos, professor da USP é eleito para presidência da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência. O resultado foi anunciado nesta quinta-feira (5/7)

Marco Antonio Raupp é novo presidente da SBPC

06 de julho de 2007

Agência FAPESP – O matemático Marco Antonio Raupp é o novo presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). O resultado foi anunciado nesta quinta-feira (5/7).

Especialista em análise numérica, professor livre-docente da Universidade de São Paulo (USP) e coordenador do Núcleo do Parque Tecnológico de São José dos Campos em São Paulo, Raupp foi vice-presidente da entidade de 1999 a 2001.

O cientista foi eleito na segunda votação convocada pelo Conselho da SBPC. Na primeira disputa, o pleito terminou empatado pela primeira vez na história da entidade. Na ocasião, Raupp e o farmacólogo Renato Balão Cordeiro, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), receberam 579 votos cada. Na nova votação, Raupp obteve 544 e Cordeiro 529 votos. Houve 18 votos em branco e 14 nulos.

Na primeira votação foram escolhidos os novos membros da diretoria para o biênio 2007- 2009 e parte do novo conselho, cujos membros atuarão no quadriênio 2007-2011. Todos tomarão posse dos cargos no dia 12 de julho, durante a 59ª Reunião Anual da SBPC, em Belém (PA).

Foram eleitos os vice-presidentes Helena Bonciani Nader e Otávio Cardoso Alves Velho. O novo secretário-geral será Aldo Malavasi e os novos secretários, Vera Val, Dante Barone e Rute Maria de Andrade. Os tesoureiros serão José Raimundo Coelho e Lisbeth Kaiselian Cordani.

Os novos nomes no conselho são Adalberto Val (AM), Jailson de Andrade (BA), Celso Pinto de Melo (PE), Isaac Roitman (DF), Paulo Sérgio Beirão (MG), Luiz Pinguelli Rosa (RJ), Ingrid Sarti (RJ), Amélia Império Hamburger (SP), Dora Fix Ventura (SP), Sérgio Bampi (RS) e Carlos Vogt (SP), presidente da FAPESP.

Nascido em Cachoeira do Sul (RS), Marco Antonio Raupp se formou em física, em 1961, pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Concluiu o doutorado na Universidade de Chicago, nos Estados Unidos, em 1971, e obteve o título de livre-docente no Instituto de Matemática e Estatística da USP, em 1994.

De 1980 a 1985, Raupp foi pesquisador titular no Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC) e, de 1985 a 1991, no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Desde 1995 é pesquisador colaborador e desde 2000 é diretor do LNCC. Presidiu por três vezes a Sociedade Brasileira de Matemática Aplicada e Computacional e, de 1985 a 1989, foi diretor-geral do Inpe.

Em 1986, foi condecorado Oficial da Ordem do Mérito das Forças Armadas. Em 1987, foi condecorado Oficial da Ordem do Mérito Cartográfico e, em 1988, Comendador da Ordem de Rio Branco pelo Ministério das Relações Exteriores.

Em pesquisa, Raupp tem trabalhado com temas como métodos numéricos para simulação de escoamentos de fluidos ideais, inequações variacionais e aplicações em problemas de mecânica de sólidos e eletromagnetismo, análise limite de modelos físicos e modelagem da natação de microrganismos em fluidos de alta viscosidade.


Assuntos mais procurados