Inglês e espanhol on-line | AGÊNCIA FAPESP

Inglês e espanhol on-line

21 de outubro de 2009

Agência FAPESP – A Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp) deu início às atividades extracurriculares on-line de idiomas oferecidas a alunos das Faculdades de Tecnologia de São Paulo (Fatecs), ingressantes em 2008 e 2009, e para estudantes do primeiro semestre do curso técnico das Escolas Técnicas Estaduais (Etecs), que tenham se inscrito para participar das atividades.

São 10 mil vagas oferecidas em duas etapas. Na primeira, que atende as Fatecs e Etecs da região metropolitana de São Paulo, cerca de 4 mil alunos farão o curso de inglês e 1.440 o de espanhol. Na segunda etapa, outros 3,5 mil alunos serão atendidos pelo curso de inglês e 1.060 pelo de espanhol.

Cada curso terá duração de 34 semanas e exigirá dedicação de 3 a 4 horas semanais, em média. Os alunos que não tenham computador com internet na residência terão à disposição laboratórios e salas de informática nas Etecs e Fatecs.

Os conteúdos, produzidos pela Casa Thomas Jefferson (inglês) e pelo Instituto Cervantes (espanhol), serão supervisionados, nesta primeira etapa, por 59 professores-tutores de inglês e por 19 professores-tutores de espanhol.

Os cursos são on-line com encontros programados entre alunos e professores em chats e fóruns. Os alunos contam ainda com material de apoio, como filmes em inglês e espanhol, divulgado no canal digital Univesp TV, criado pela Fundação Padre Anchieta para o programa Univesp.

Para assistir à Univesp TV, é preciso sintonizar um conversor de TV digital no canal 2.2. Fora de São Paulo, o sinal pode ser captado pelas parabólicas digitais na polarização vertical, frequência 3.710 MHz (ou 1.440 MHz em banda L).

Mais informações: www.univesp.ensinosuperior.sp.gov.br
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados