1 FAPESP, FAPs e Medical Research Council lançam chamada na área de saúde | AGÊNCIA FAPESP

FAPESP, FAPs e Medical Research Council lançam chamada na área de saúde | AGÊNCIA FAPESP

FAPESP, FAPs e Medical Research Council lançam chamada na área de saúde  Propostas devem ser realizadas por pesquisadores de instituições brasileiras e britânicas com foco na melhoria do sistema de saúde e das condições de saúde de populações vulneráveis ( imagem: MRC)

FAPESP, FAPs e Medical Research Council lançam chamada na área de saúde

18 de julho de 2017

Agência FAPESP – A FAPESP, em conjunto com fundações de amparo à pesquisa de diversos estados brasileiros, por intermédio do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), e o Medical Research Council (MRC), no contexto do Fundo Newton, lançaram a Chamada Pública MRC-Confap Call for Health Systems Research Networks. O objetivo da chamada é promover melhorias no sistema de saúde e nos cuidados com a saúde de populações vulneráveis no Brasil, por meio da pesquisa científica, tecnológica e de inovação. O prazo de submissão encerra em 26 de setembro.

A chamada busca fomentar parcerias entre pesquisadores de instituições do Reino Unido e do Brasil. Participam, do lado brasileiro, especificamente, a FAPESP e as Fundações de Amparo à Pesquisa dos estados de Alagoas, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pernambuco, Piauí, Santa Catarina, Paraíba, Sergipe, Tocantins e o Distrito Federal.

São esperadas propostas que gerem impactos positivos na melhoria do sistema de saúde, sobretudo nas evidências que influenciem tomadores de decisão nas políticas públicas e práticas ligadas à saúde pública. Os projetos também devem sugerir intervenções baseadas nas evidências de pesquisa tanto em nível local, quanto nacional, de modo a orientar o caminho para a adoção de novas rotinas nos cuidados com as populações carentes. São reconhecidas, ainda, as necessidades de colaborações interdisciplinares, com contribuições das ciências sociais, da biomedicina e outras disciplinas para os desafios complexos relacionados ao crescimento do sistema de saúde.

Para esta chamada serão disponibilizados recursos de até 2 milhões de libras esterlinas por parte do Reino Unido e até 2 milhões de libras esterlinas como fomento equivalente das Fundações brasileiras. São esperados os fomentos de 8 a 12 projetos no total, sendo o valor de fomento para cada projeto variável, de acordo com as propostas apresentadas.

Os proponentes não precisam necessariamente pedir valores iguais para os dois lados financiadores. A diferença deverá levar em consideração questões locais de custos e coberturas. Cada proposta também precisa informar o montante solicitado para o MRC, para as FAPs e para cada uma das FAPs relacionadas. Os recursos das FAPs poderão cobrir despesas com viagens dos membros brasileiros, seguro de viagem, diárias e itens de consumo, bolsas, equipamentos e serviços, de acordo com critérios estabelecidos pela Fundação equivalente. Algumas FAPs poderão incluir Guidelines específicas detalhando critérios de uso dos recursos.

Cada projeto deve ser estruturado em uma rede que envolva áreas interdisciplinares e pesquisadores de, no mínimo, duas FAPs que aderiram ao edital (máximo quatro FAPs) e de um parceiro no Reino Unido. Os proponentes deverão elaborar uma única proposta na qual estarão definidos os Investigadores Principais (Principal Investigator – PI) de cada parte envolvida.

Para os proponentes de instituições brasileiras, os critérios de elegibilidade estarão disponíveis no site do Confap. É importante, também, que o proponente procure sua respectiva Fundação para verificar a existência de possíveis critérios adicionais. As propostas devem identificar o PI e o Co-PI de cada FAP, sua instituição de origem e o seu papel nas atividades propostas.

Para os proponentes do Reino Unido, os critérios de elegibilidade, bem como os da política de recursos do RCUK/MRC, estão descritos no MRC Guidance for Applicants e RCUK. Os MRC Units and Institutes também são elegíveis para se candidatar à chamada.

Submissão de propostas

As propostas deverão ser elaboradas, em inglês, de acordo com o documento MRC-Confap guidance for applicants e submetidas, junto aos formulários de custos, até o dia 26 de setembro de 2017. Deverão ser submetidas duas cópias da proposta – uma para o MRC e uma para o Confap. A submissão no sistema do Confap será aceita até as 13 horas, do horário de Brasília, e será realizada apenas por um dos PI brasileiros, definido em comum acordo pelos participantes. Os proponentes britânicos deverão submeter a proposta até as 16 horas (BST), do dia 26 de setembro, no Je-S System.

As propostas que incluem PI do Estado de São Paulo e que solicitam fomento à FAPESP deverão submeter também uma outra cópia, seguindo as Guidelines da FAPESP.

A documentação pode ser acessada no endereço: http://confap.org.br/news/newtonfund/.

Os proponentes do Estado de São Paulo podem obter mais informações no endereço http://www.fapesp.br/en/contactus/.

Os proponentes brasileiros de outros estados podem solicitar mais informações pelo e-mail fundonewton.confap@gmail.com.

Outras informações para os proponentes britânicos podem ser obtidas no endereço international@headoffice.mrc.ac.uk.

Assuntos mais procurados