FAPESP-Microsoft Research abrem nova chamada | AGÊNCIA FAPESP

Instituto Virtual lança seleção pública de propostas para apoio à pesquisa fundamental e de classe mundial em tecnologias de informação e comunicações (foto: Microsoft Research)

FAPESP-Microsoft Research abrem nova chamada

16 de junho de 2009

Agência FAPESP – O Instituto Virtual de Pesquisas FAPESP-Microsoft Research lançou nova chamada pública de propostas para apoio à pesquisa fundamental e de classe mundial em tecnologias de informação e comunicações.

No âmbito da chamada, a pesquisa acadêmica tem dois ingredientes essenciais: criação de novo conhecimento científico e comunicação de resultados na comunidade acadêmica mundial. Os projetos devem ter impacto por meio de: 1) pesquisa nova, criativa e interessante para o avanço das TIC; 2) Publicação e disseminação do conhecimento e de experiências para a comunidade acadêmica mundial.

As propostas devem ser apresentadas por pesquisadores de Instituições de Ensino Superior e de Pesquisa, públicas ou privadas sem fins lucrativos, no Estado de São Paulo.

O total de recursos disponível para atender às propostas selecionadas é de R$ 1 milhão. As propostas deverão considerar projetos com duração de no máximo dois anos e serão recebidas pela FAPESP até o dia 4 de setembro.

O Instituto Virtual de Pesquisas FAPESP-Microsoft Research, resultado de um convênio assinado entre as duas instituições em abril de 2007, é uma iniciativa pioneira no Brasil que associa os setores público e privado de modo a estimular a geração e a aplicação de conhecimento em TIC.

A proposta do instituto é formar uma rede de pesquisadores capazes de criar novos conhecimentos que contribuam para expandir as capacidades da tecnologia de computação para atender mais e melhor às questões-chave para beneficiar as pessoas, a sociedade e a sustentabilidade do planeta.

Mais informações sobre a chamada e o convênio: www.fapesp.br/convenios/microsoft
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados