FAPESP e Universidade de Copenhagen assinam acordo de cooperação | AGÊNCIA FAPESP

Em visita à FAPESP, delegação da principal universidade da Dinamarca reforça intenção de aproximar pesquisadores dos dois países (Lafer e Hemmingsen na assinatura do acordo / foto: Leandro Negro/FAPESP)

FAPESP e Universidade de Copenhagen assinam acordo de cooperação

16 de abril de 2015

Agência FAPESP – Representantes da Universidade de Copenhagen estiveram na sede da FAPESP na segunda-feira (13/04), para a assinatura de um acordo de cooperação entre a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo e a principal universidade da Dinamarca.

A fim de conhecer de forma mais detalhada a estrutura e os principais programas mantidos pela FAPESP, a delegação da universidade, liderada por seu reitor, Ralf Hemmingsen, reuniu-se com dirigentes da Fundação, para os quais apresentaram um perfil da instituição e suas principais linhas de atuação em pesquisa.

Fundada no século 15, a Universidade de Copenhagen é a maior instituição de educação e pesquisa da Dinamarca, com a melhor posição em rankings internacionais entre as universidades escandinavas.

Com mais de 38 mil estudantes e mais de 9 mil funcionários, ensino de alta qualidade e pesquisa voltada para a inovação, a Universidade de Copenhagen tem oito ganhadores do prêmio Nobel entre seus acadêmicos e pesquisadores.

Os dirigentes da FAPESP também apresentaram um panorama do sistema de ensino e pesquisa em São Paulo, com tipos de financiamento, valores e quantidade de bolsas concedidas pela FAPESP, além de ações para a divulgação da ciência, mantidas pela Fundação.

Para Hemmingsen, a construção de uma boa relação da Universidade de Copenhagen com as universidades brasileiras passa obrigatoriamente por São Paulo.

Novo patamar de colaboração

“Nos últimos anos assistimos a mudanças globais que definiram um novo patamar de colaboração entre as universidades de diversos países, e o Brasil é importante nesse contexto. Estou impressionado com a qualidade do apoio à pesquisa em São Paulo e acredito que seja hora de iniciarmos efetivamente uma colaboração mais intensa com pesquisadores de suas universidades”, afirmou Hemmingsen.

O acordo assinado com a FAPESP prevê apoio à efetivação de projetos de pesquisa conjuntos em temas de interesse comum, apoio à organização de seminários, workshops, simpósios e reuniões cientificas de interesse mútuo, sem especificar ou delimitar áreas de interesse ou valores disponíveis.

Todas as áreas do conhecimento são elegíveis para receber apoio da FAPESP e da Universidade de Copenhagen, aos pesquisadores de São Paulo e da Dinamarca, respectivamente.

O acordo, que terá duração de cinco anos, é o segundo estabelecido pela FAPESP com uma instituição dinamarquesa.

Desde 2011 a Fundação mantém cooperação com o Danish Council for Strategic Research (DCSR), atual Innovation Fundation Denmark, na área de Food Technology. Com duração até 2019, o acordo já promoveu quatro chamadas de propostas e tem previsão de uma nova em 2015.

Dos nove projetos de pesquisa conjuntos atualmente apoiados pela FAPESP neste acordo, cinco já são feitos em parceria com pesquisadores da Universidade de Copenhagen.

Para Celso Lafer, presidente da Fundação, o acordo assinado agora com a Universidade de Copenhagen passa a integrar o processo de internacionalização da pesquisa realizada em São Paulo, com apoio da FAPESP.

“Esta aproximação com a Dinamarca é importante para que pesquisadores das universidades daquele país possam trabalhar com seus pares nas universidades do Estado de São Paulo, produzindo resultados em diversas áreas, de maneira conjunta, o que é importante para a internacionalização do conhecimento”, disse.

O acordo de cooperação será publicado em breve no site da FAPESP.
 

Assuntos mais procurados