FAPESP amplia duração de bolsa no exterior | AGÊNCIA FAPESP

Duração máxima da Bolsa de Pesquisa no Exterior concedida pela Fundação passa de cinco para 12 meses (foto: Eduardo Cesar/FAPESP)

FAPESP amplia duração de bolsa no exterior

19 de outubro de 2009

Agência FAPESP – O Conselho Técnico-Administrativo da FAPESP aprovou a proposta da Diretoria Científica de ampliar a duração da Bolsa de Pesquisa no Exterior (BPE) concedida pela Fundação de cinco para 12 meses.

A BPE é uma modalidade de bolsa destinada a pesquisador com título de doutor ou qualificação equivalente, para a realização de atividade de pesquisa em instituição no exterior. O candidato deve ter vínculo empregatício com instituição de pesquisa no Estado de São Paulo.

A instituição no exterior deve aceitar o programa de bolsa da FAPESP e ter liderança internacional na área de pesquisa.

A solicitação pode ser feita em qualquer época do ano e o valor da bolsa é de US$ 2.200,00 por mês. No caso dos bolsistas que desenvolverão projetos em países na Europa e na Ásia será concedido um adicional de 20%.

“Com essa modificação a FAPESP busca oferecer mais uma possibilidade para que se intensifiquem as colaborações científicas entre pesquisadores de São Paulo e de centros de pesquisa de excelência no exterior”, disse Carlos Henrique de Brito Cruz, diretor científico da FAPESP.

Mais informações: www.fapesp.br
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados