Economia do Brasil colônia | AGÊNCIA FAPESP

Economia do Brasil colônia

30 de outubro de 2006

Por Thiago Romero

Agência FAPESP - Uma das obras mais raras do país acaba de ter seu processo de digitalização concluído pelo Instituto de Estudos Brasileiros (IEB) da Universidade de São Paulo (USP). O fazendeiro do Brazil, coleção ilustrada com 11 volumes editada em Lisboa pelo frei José Mariano da Conceição Veloso (1742-1811), já está disponível na íntegra no site do instituto.

Os textos da coleção publicada entre 1798 e 1806 tratam de temas como a fabricação do açúcar, preparo de derivados do leite, pecuária e plantio de café, linho e arroz. O objetivo era instruir agricultores brasileiros com informações sobre as melhores formas de cultivo de diversas plantas e especiarias, de modo a aperfeiçoar as relações econômicas da época.

O trabalho faz parte do projeto de pesquisa "Brasil ciência", que tem apoio da FAPESP por meio do programa Apoio a Jovens Pesquisadores. A proposta é criar uma ampla base de dados sobre o pensamento científico brasileiro entre os séculos 16 e 19. Desde o final de 2005, quando o projeto de digitalização teve início, mais de 50 obras já foram disponibilizadas na internet.

"Essa é a maior biblioteca de obras raras digitalizadas na USP. Por serem livros de grande valor acadêmico, nossa intenção é facilitar o acesso para o maior número de pessoas interessadas. É uma forma que encontramos para democratizar o conhecimento do Brasil colônia", disse Márcia Moisés Ribeiro, coordenadora do projeto e pesquisadora do IEB, à Agência FAPESP.

O fazendeiro do Brazil foi produzido a partir de uma compilação de diversos escritos de autores estrangeiros. Frei Conceição Veloso analisou os principais artigos e estudos da época sobre os modelos econômicos existentes em outros países, principalmente na Inglaterra e na França, traduziu as melhores idéias e as reuniu na obra.

Márcia conta que a Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro, e a biblioteca particular de José Mindlin são os dois únicos locais onde a coleção completa de O fazendeiro do Brazil pode ser encontrada. "Como o IEB possui apenas alguns volumes, Mindlin teve a gentileza de nos emprestar o restante para escanearmos a coleção completa. São mais de 3,5 mil páginas digitais com todos os textos e fotos da coleção", explica.

No site do IEB, as páginas da coleção podem ser visualizadas em duas versões: a original, que mostra a imagem do papel com manchas e imperfeições, e para impressão, em que a imagem foi devidamente tratada.

O projeto "Brasil ciência" conta com inúmeras fontes e documentos relacionados a diferentes áreas das ciências, como agricultura, botânica, medicina, náutica e astronomia.

Para acessar as obras da coleção clique aqui. A seguir, digite "fazendeiro" no campo de busca.


Assuntos mais procurados