Doutorado direto em biomateriais na Universidade de Araraquara | AGÊNCIA FAPESP

Doutorado direto em biomateriais na Universidade de Araraquara Projeto desenvolve novos materiais poliméricos e estuda suas características para uso em medicina regenerativa (foto: Uniara)

Doutorado direto em biomateriais na Universidade de Araraquara

15 de maio de 2020

Agência FAPESP – Uma oportunidade de doutorado direto com bolsa da FAPESP, vinculada ao projeto “Plataforma click chemistry aplicada ao desenvolvimento de materiais poliméricos para uso em medicina regenerativa”, está com inscrição aberta até 5 de junho de 2020.

Conduzido na Universidade de Araraquara (Uniara), o projeto tem como objetivo desenvolver novos materiais poliméricos para uso em medicina regenerativa. Os materiais serão caracterizados quanto às suas propriedades físico-químicas e propriedades biológicas, como biocompatibilidade e biorreabsorção in vitro.

Os candidatos devem ter conhecimento de química básica e não ter reprovação na graduação. Eles serão contatados por e-mail para agendar entrevistas.

Os interessados devem enviar histórico escolar completo, link para o currículo Lattes e descrição curta das realizações anteriores em pesquisa para o e-mail da coordenadora do projeto, a professora Eliane Trovatti (elianetrov@yahoo.com.br).

Mais informações sobre a vaga em: www.fapesp.br/oportunidades/3627.

A bolsa de Doutorado Direto fornecida pela FAPESP tem duração de 48 meses e valor mensal de R$ 2.043,00 no primeiro ano, R$ 2.168,70 no segundo ano, R$ 3.010,80 no terceiro ano e R$ 3.726,30 no quarto ano. Um auxílio financeiro equivalente a 30% do valor anual da bolsa será concedido para despesas diretamente relacionadas às atividades de pesquisa. Os requisitos e benefícios estão disponíveis em fapesp.br/bolsas/dd.

Outras vagas de bolsas, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades, em www.fapesp.br/oportunidades.
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados