Desafio “Brasil, esperança alimentar do futuro!” recebe inscrições | AGÊNCIA FAPESP

Desafio “Brasil, esperança alimentar do futuro!” recebe inscrições Iniciativa da Esalq-USP propõe uma reflexão sobre o tema da segurança alimentar. A ação está dividida nas categorias "Frases e Fotos", aberta ao público, e "Redação", para estudantes do ensino médio (imagem: divulgação)

Desafio “Brasil, esperança alimentar do futuro!” recebe inscrições

10 de outubro de 2019

Agência FAPESP – A Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da Universidade de São Paulo (USP) promove, em parceria com a Diretoria Regional de Ensino de Piracicaba (SP) e a Câmara de Vereadores local, o desafio “Brasil, esperança alimentar do futuro!”. A iniciativa é parte do Projeto Temático 2019 da Esalq-USP.

O desafio propõe uma reflexão à sociedade sobre a segurança alimentar e o papel do Brasil no desafio mundial de alimentar 10 bilhões de pessoas em 2050 por meio de frases, fotos e redações. A escolha do tema tomou como base a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, que norteia ações e programas da Organização das Nações Unidas (ONU) e de seus países-membros rumo ao desenvolvimento sustentável.

A ação está dividida nas categorias “Frases e Fotos”, aberta ao público, e “Redação”, para estudantes do ensino médio das escolas da rede municipal, estadual, particular e Serviço Social da Indústria (Sesi). Os candidatos serão avaliados com base em três eixos temáticos “Agricultura e Alimentação”, “Agricultura e Inclusão” e “Agricultura e Inovação”.

Os interessados devem se inscrever até 18 de outubro de 2019, pelo site da Esalq.

O Projeto Temático da Esalq foi criado em 2015 como um espaço para a discussão de temas de interesse social que envolvam a comunidade do campus USP em Piracicaba, com o objetivo de estimular reflexões e apresentar iniciativas já existentes nas áreas de ensino, pesquisa, extensão e gestão na universidade.

Mais informações: www.esalq.usp.br/projeto2019.
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados