Concurso de vídeos visa divulgar pesquisas sobre produtos naturais | AGÊNCIA FAPESP

Concurso de vídeos visa divulgar pesquisas sobre produtos naturais Iniciativa é organizada pelo INCT-BioNat, com sede na Unesp de Araraquara; o regulamento e as inscrições estarão disponíveis na segunda quinzena de maio (imagem: INCT-BioNat)

Concurso de vídeos visa divulgar pesquisas sobre produtos naturais

01 de maio de 2019

Agência FAPESP – Com o objetivo de mostrar para a sociedade – especialmente para os jovens na faixa de 14 a 24 anos – o valor das pesquisas científicas realizadas no Brasil, o Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia Biodiversidade e Produtos Naturais (INCT-BioNat) convida a todos para um exercício de criatividade: a produção de um vídeo que fale sobre o trabalho de pesquisa no qual está envolvido. O foco são projetos sobre produtos naturais da biodiversidade brasileira.

O INCT-BioNat é um dos Institutos Nacionais de Pesquisa apoiados pela FAPESP e pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), com sede no Instituto de Química (IQ) da Universidade Estadual Paulista (Unesp) em Araraquara.

De acordo com os organizadores, os vídeos devem ter no máximo três minutos de duração. Os trabalhos que melhor ilustrarem a pesquisa com produtos naturais da biodiversidade brasileira serão premiados durante o workshop internacional do INCT BioNat, que será realizado no segundo semestre, entre os dias 13 e 15 de agosto no Hotel Colina Verde, em São Pedro (SP).

O regulamento do concurso e as inscrições estarão disponíveis na segunda quinzena de maio. Após o término do concurso, o material inscrito ficará disponível no site do INCT, como parte do trabalho de divulgação do grupo, e também nas mídias digitais.

Mais informações em breve estarão disponíveis em: inct-bionat.iq.unesp.br/.
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados