1 CEM disponibiliza base de dados sobre mobilidade por bicicletas em SP | AGÊNCIA FAPESP

CEM disponibiliza base de dados sobre mobilidade por bicicletas em SP | AGÊNCIA FAPESP

CEM disponibiliza base de dados sobre mobilidade por bicicletas em SP Banco conta com informações georreferenciadas sobre cada ciclovia, estações de bicicletas compartilhadas e bicicletários (imagem: CEM)

CEM disponibiliza base de dados sobre mobilidade por bicicletas em SP

30 de junho de 2017

Agência FAPESP – O Centro de Estudos da Metrópole (CEM), um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) da FAPESP, disponibilizou em seu site três bases de dados georreferenciados relacionadas ao tema mobilidade por bicicletas no município de São Paulo.

Produzido com base em arquivo com o desenho das ciclovias existentes em junho de 2017, o banco de dados foi construído a partir das informações disponibilizadas pela Prefeitura e de relações espaciais analisadas e comparadas com a base de ciclovias com as bases do CEM de estações de bicicletas compartilhadas, escolas, estações de metrô e CPTM, bicicletários, áreas verdes e setores censitários.

As ciclovias foram redesenhadas de forma a adequar os desenhos e localizações, permitindo uma melhor compreensão da relação entre ciclovias e ruas, e tornando mais evidente o posicionamento das ciclovias em relação aos canteiros centrais, calçadas ou na própria pista de rolamento.

O banco conta com informações sobre cada ciclovia a respeito de seu tipo (ciclovia, ciclofaixa ou ciclopassarela), sua extensão (por trecho e total) e a data de sua inauguração. Com tais informações georreferenciadas, será possível o estudo da distribuição de ciclovias no município de São Paulo em relação com a evolução histórica da rede cicloviária, por exemplo.

O segundo banco de dados georreferenciado representa o conjunto das estações de bicicletas compartilhadas dos dois programas existentes no município de São Paulo: BikeSampa e CicloSampa. O primeiro conta com 247 estações e o segundo, com 17. A localização, os nomes e a quantidade de vagas das estações foram obtidos a partir das informações disponibilizadas nos sites de cada programa.

Todas as estações possuem localização em latitude e longitude sendo que, para as estações do programa CicloSampa, há também a localização por endereço. Além disso, foram calculadas as distâncias em metros entre cada estação e a mais próxima do mesmo programa (as bicicletas de um programa não podem ser retornadas em estações do outro programa) também identificada pelo nome. Há, ainda, informações quanto à distância mínima em metros de cada estação até alguma ciclovia.

O terceiro banco traz os dados também georreferenciados dos bicicletários do município de São Paulo e visa fornecer informações complementares ao Banco de Ciclovias do CEM. Traz informações a respeito de 84 equipamentos onde é possível guardar bicicletas, quanto ao seu local, tipo (bicicletário ou paraciclo), quantidade de vagas disponíveis para bicicletas e instituição ligada ao transporte responsável por sua manutenção (SPTrans, CPTM, Metrô, ViaQuatro, EMTU, SPPI ou SPSE).

A base está disponível na área de Base de Dados do CEM com acesso livre mediante cadastro. Se o visitante já é usuário cadastrado basta acessar com a conta de e-mail previamente cadastrada.

Assuntos mais procurados