Bolsista da FAPESP é premiada no 7º Congresso de Sementes das Américas | AGÊNCIA FAPESP

Bolsista da FAPESP é premiada no 7º Congresso de Sementes das Américas Mestranda da Esalq-USP apresentou resultados de um estudo sobre técnicas não invasivas para avaliação da qualidade de sementes (imagem: Wikimedia Commons)

Bolsista da FAPESP é premiada no 7º Congresso de Sementes das Américas

03 de dezembro de 2019

Agência FAPESPPatrícia Aparecida Galletti, mestranda da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da Universidade de São Paulo (USP), recebeu o “Best Poster Award” (prêmio de melhor pôster) durante o 7º Congresso de Sementes das Américas, realizado em setembro na cidade de Buenos Aires, na Argentina.

Galletti apresentou resultados de seu projeto de mestrado sobre técnicas não invasivas para avaliação da qualidade de sementes. A pesquisa tem apoio da FAPESP e integra o Projeto de Apoio a Jovens Pesquisadores “Métodos de análise de imagens não destrutivos para avaliação da qualidade de sementes”, coordenado por Clíssia Barboza da Silva, da Esalq-USP.

O estudo investigou a potencialidade de métodos não destrutivos baseados em padrões de imagens de fluorescência de clorofila e sua relação com parâmetros fisiológicos de qualidade de sementes de cenoura. Galletti constatou que lotes comerciais de sementes de cenoura com níveis mais elevados de fluorescência de clorofila apresentavam menor potencial fisiológico.

Barboza da Silva explicou que “a técnica de fluorescência de clorofila, além de não invasiva, apresenta alta sensibilidade e rapidez na separação de sementes imaturas em lotes comerciais, sendo uma alternativa potencial para reduzir custos e tornar a análise de sementes mais eficaz. Tradicionalmente, os atributos fisiológicos são avaliados por testes que requerem a destruição das amostras, com resultados subjetivos, que dependem da experiência do analista”.

A equipe da pesquisadora também estuda o uso de métodos não invasivos baseados em tecnologia de imagens multiespectrais, de ressonância magnética e de raios X na avaliação de parâmetros sanitários, físicos, fisiológicos e genéticos de sementes de soja, tomate, amendoim e pinhão-manso.

O 7º Congresso de Sementes das Américas foi organizado pela Seed Association of the Americas e apresenta os avanços científicos mais recentes e discussões sobre os principais problemas que o setor de sementes vem enfrentando atualmente nas áreas de proteção de propriedade intelectual, biotecnologia, questões fitossanitárias e tratamento.
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados