Bolsas na Inglaterra | AGÊNCIA FAPESP

Governo britânico abre inscrições para bolsas de pós-graduação para o ano letivo a partir de 2010 (Foto: City University London)

Bolsas na Inglaterra

10 de agosto de 2009

Agência FAPESP – O governo britânico abriu inscrições para bolsas de estudos de pós-graduação em universidades britânicas durante o ano letivo de 2010 e 2011. As bolsas são concedidas, normalmente, para programa formal de estudos em tempo integral com duração que varia de três a 12 meses, excluídos estágio prático ou pesquisa. As inscrições vão até 30 de setembro.

O auxílio, oferecido por intermédio do Ministério das Relações Exteriores (Foreign and Commonwealth Office), destina-se a profissionais em início ou meio de carreira que se destaquem em sua área de atuação e que busquem aperfeiçoamento.

Para se candidatar é necessário ser brasileiro, trabalhar em regime de tempo integral e residir no Brasil, ter curso superior e no mínimo dois anos de experiência profissional. O participante deve ter bom domínio da língua inglesa.

As bolsas oferecidas servem para auxiliar ou cobrir um ou mais dos seguintes custos: taxas do curso; manutenção do bolsista (como estadia, alimentação, transporte, roupas de inverno, sem considerar a família); livros e tese. O limite de taxas pagas pelo programa no Brasil é de 12 mil libras (cerca de R$ 37 mil).

Para conhecer instituições do Reino Unido que oferecem cursos na área de interesse, o candidato pode consultar os centros de informação do British Council ou o site Education UK, que dispõe de listas com links que dão acesso às páginas das universidades.

Os cursos devem estar diretamente relacionados à área de atuação do candidato e à sua carreira. O formulário de inscrição deve ser preenchido em inglês e encaminhado, juntamente com a documentação de apoio, também indicada no site, ao escritório do British Council em Brasília, Recife, Rio de Janeiro ou São Paulo.

Mais informações: www.chevening.org.br
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados