USP e as Redes Temáticas | AGÊNCIA FAPESP

USP e as Redes Temáticas

Início
23/09/2009
Fim
25/09/2009

Agência FAPESP – A Universidade de São Paulo realizará, de 23 a 25 de setembro, o evento USP e as Redes Temáticas. A atividade, que será coordenada pela reitora Suely Vilela, integra o projeto Fronteiras do Conhecimento.

O encontro inclui a realização de três ações paralelas: o Simpósio de Planejamento e Desenvolvimento de Novos Fármacos para Doenças Negligenciadas e os debates Agronegócio e Sustentabilidade e Rede de Mudanças Climáticas.

O modelo de redes temáticas faz parte da estratégia da USP de responder a importantes questões da atualidade, nas áreas de bioenergia, mudanças climáticas e doenças negligenciadas. As duas primeiras redes estão operacionais, enquanto a última se encontra em fase final de estruturação.

A Rede Temática de Bioenergia tem significativa participação de docentes da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq). No dia 24, os pesquisadores ligados à rede participarão do “Tour do Etanol”, atividade que passará pela Esalq e contará com visitas a empresas ligadas ao setor e usinas de Piracicaba, no interior paulista.

No dia 25, serão realizadas palestras em São Paulo que abordarão temas como bioenergia, tendências e perspectivas do mercado sucroenergético, potencial das florestas plantadas par a produção de biocombustíveis e mercado mundial do etanol, encerrando com um debate.

“As Redes Temáticas deverão abrir oportunidades para toda a comunidade técnica e científica da USP, principalmente como espaço de apresentação de projetos junto às agências de fomento e aos ministérios de Ciência e Tecnologia e da Agricultura. A passagem deste evento por Piracicaba é importante porque aqui se encontra a unidade da USP que trabalha com biomassa e demais pesquisas relacionadas à agroenergia”, disse o diretor da Esalq, Antonio Roque Dechen.

A participação é gratuita e aberta a todos os interessados. Além da Esalq, as atividades ocorrerão em três anfiteatros da Cidade Universitária, em São Paulo: Auditório FEA 5 – Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Avenida Professor Luciano Gualberto, 908; Auditório ICB III – Instituto de Ciências Biomédicas, Avenida Professor Lineu Prestes, 2.415; Auditório Francisco Romeu Landi – Escola Politécnica, Avenida Professor Luciano Gualberto, Travessa 3, 380.

Entre os palestrantes confirmados estão Glaucia Mendes de Souza, coordenadora do Programa FAPESP de Pesquisa em Bioenergia (BIOEN), que falará sobre “Biotecnologia aplicada ao melhoramento da cana-de-açúcar”, e Helaine Carrer, da Esalq, que abordará o tema “Biotecnologia e eficiência fotossintética”.

A palestra de Marcos Buckeridge, um dos responsáveis pela divisão de Biomassa do BIOEN e integrante da coordenação de área de biologia da FAPESP, será sobre “Perspectivas do etanol celulósico”, e a de José Goldemberg, do Centro Nacional de Referência em Biomassa, sobre “Bioenergia no Estado de São Paulo”.

Diversos outros pesquisadores falarão sobre outros temas relacionados a bioenergia.

Mais informações: www.labic.icmc.usp.br/redestematicas ou (19) 3447-8613/3429-4485.