Grafeno: Como um material que não deveria existir levou ao prêmio Nobel? | AGÊNCIA FAPESP

Grafeno: Como um material que não deveria existir levou ao prêmio Nobel?

Início
05/10/2017
Fim
05/10/2017

Agência FAPESP – “Grafeno: Como um material que não deveria existir levou ao prêmio Nobel?” será o tema do próximo encontro do Papos de Física, no dia 5 de outubro de 2017, entre 19h30 e 21 horas, no Tubaína Bar (rua Haddock Lobo, 74, Cerqueira César, São Paulo).

O professor Alexandre Reily Rocha, do Instituto de Física Teórica (IFT) da Unesp, irá responder algumas questões sobre o grafeno: Como ele foi descoberto? O que faz físicos, químicos e engenheiros tão fascinados com algo tão pequeno? Será que toda a empolgação é justificada?

Evento de divulgação científica idealizado pelo Instituto Sul-Americano para Pesquisa Fundamental (ICTP-SAIFR), a série Papos de Física é uma oportunidade de conhecer um pouco mais sobre assuntos instigantes e as mais recentes descobertas científicas na área de Física. Gratuito e com conteúdo acessível a qualquer público, os seminários são curtos (entre 15 e 20 minutos) e seguidos de debates.

Mais informações: http://ictp-saifr.org/papos/.