296 milhões de euros para jovens pesquisadores | AGÊNCIA FAPESP

Conselho Europeu de Pesquisa lança chamada para pesquisadores de qualquer nacionalidade, com doutorado finalizado há até oito anos. Cada projeto poderá receber até 2 milhões de euros

296 milhões de euros para jovens pesquisadores

18 de setembro de 2008

Agência FAPESP – O Conselho Europeu de Pesquisa (ERC, na sigla em inglês) lançou chamada de propostas para o programa Starting Grants – ERC, voltado para jovens pesquisadores de qualquer nacionalidade.

Podem se candidatar pesquisadores que tenham obtido doutorado há mais de três anos e menos de oito anos. O programa dispõe de uma dotação de cerca de 296 milhões de euros. Os candidatos selecionados poderão receber até 2 milhões de euros para realizar suas pesquisas durante cinco anos, no máximo, em um laboratório público ou privado da União Européia ou de um país associado.

A chamada divide-se em três seções, de acordo com as grandes áreas de pesquisa. As inscrições para a seção de Ciências físicas e engenharia poderão ser feitas até o dia 29 de outubro.

Para a área de Ciências humanas e sociais , as inscrições se encerram no dia 19 de novembro. Para Ciências da vida, vão até 10 de dezembro.

O critério fundamental de seleção será a excelência científica dos projetos. Os candidatos deverão ter forte potencial de liderança científica, com o objetivo de formar ou consolidar uma equipe de pesquisa independente em torno de projetos de risco na fronteira do conhecimento.

Os candidatos deverão também apresentar potencial de independência e maturidade científica. Espera-se, por exemplo, que eles já tenham produzido pelo menos uma publicação importante sem participação de seu orientador.

Mais informações: http://erc.europa.eu/
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados