Mudanças nas grandes cidades é tema do programa SP Pesquisa | AGÊNCIA FAPESP

Mudanças nas grandes cidades é tema do programa SP Pesquisa Pesquisadores do Centro de Estudos da Metrópole mapeiam perfil de grandes cidades (foto: Léo Ramos)

Mudanças nas grandes cidades é tema do programa SP Pesquisa

29 de maio de 2015

Agência FAPESP – O próximo programa SP Pesquisa, que será exibido pela TV Cultura no sábado (30/05) e pela Univesp TV no domingo (31/05), vai tratar do perfil atual de grandes cidades brasileiras.

O programa ouviu pesquisadores do Centro de Estudos da Metrópole (CEM) – um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) apoiados pela FAPESP – que querem mapear, descrever e entender as recentes mudanças ocorridas nas cidades brasileiras e o papel das políticas públicas nesse processo.

Os resultados, ao mesmo tempo em que fazem avançar o conhecimento sobre a metrópole, subsidiam decisões políticas dos governos.

O programa mostra parte dos resultados dessas pesquisas, apresenta alguns dos projetos em andamento no CEM e conta particularidades da história da desigualdade social no Brasil.

O pesquisador Eduardo Marques, por exemplo, estuda a maneira como a pobreza é afetada pelas redes sociais nas quais os grupos estão inseridos, já que o acesso a oportunidades é mediado não apenas pela geografia. Ele constatou, por exemplo, que a rede social em que estão inseridos indivíduos em situação de pobreza é menor e centrada nas relações de vizinhança e moradia.

O SP Pesquisa é resultado de um termo de cooperação assinado entre a FAPESP e a Fundação Padre Anchieta, responsável pela TV Cultura. Na TV Cultura, o programa vai ao ar aos sábados, às 16h. A Univesp TV exibe reprise aos domingos (19h) e quintas-feiras (21h30).

Mais informações em univesptv.cmais.com.br.

Os programas SP Pesquisa já exibidos podem ser vistos no canal da Univesp TV no YouTube.
 

  Republicar
 

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.


Assuntos mais procurados